Araquém Alcântara – Sertão Sem Fim

O projeto foi resultado de 12 peregrinações empreendidas por oito estados brasileiros, somente por estradas de terras, em busca dos vestígios de um mundo perdido no tempo, entre o norte de Minas e o Piauí, onde Araquém transformou em imagens a aridez tantas vezes cantada por Guimarães Rosa, Euclides da Cunha, Graciliano Ramos, Ariano Suassuna e João Cabral de Melo Neto.
“No livro está o sertão de terra dura, ocre, agreste, banhado pelo sol escaldante, de estradas empoeiradas. Da Pobreza, fome, seca, fadiga, o amor e o sangue, a possessão das terras, as lutas pelas cabras e carneiros, a vida e a morte, tudo que é elementar no homem está presente nesta terra perdida”, conclui o fotógrafo.
O livro reúne 90 fotos em preto e branco, registradas por sua Leica, três lentes e incontáveis rolos de filme Tri-X Pan. Posteriormente, as imagens foram tratadas digitalmente e impressas em papel especial italiano Garda Pat Kara na Ipsis Gráfica.

PAPEL:

Garda Pat Kiara 135grs, 3 cores, FullBlack®

DETALHES:

Capa dura com laminação fosca

BUSCAR OUTROS LIVROS